artigos


Aproveite para tomar contato com os artigos de Carlos Bernardo González Pecotche, criador da Logosofia.

Os demais artigos foram extraídos de trabalhos realizados por logósofos, com resultados alcançados na prática dos conhecimentos oferecidos por essa ciência.

Os artigos poderão ser reproduzidos livremente desde que sejam mencionados o nome da Fundação Logosófica, o site www.logosofia.org.br e o nome de seus autores.

Viver dentro ou fora da realidade

A propensão ao exagero constitui uma inclinação muito frequente, cuja presença no indivíduo nos faz ver que a imaginação trabalha nele sem o controle das demais faculdades de sua inteligência.
 
É vista quase sempre nas pessoas de curtos alcances ou escassa cultura, e em suas manifestações existe algo de superestimação de si mesmas.
 
O exame desta propensão nos mostra o ser que engana a si mesmo, crendo que seus exageros fazem aumentar a força de convicção de suas palavras, sem reparar que essa mesma hipertrofia as expõe a cair no vazio.
 

A pessoa tende a agigantar o volume das coisas,

seduzida pelo afã de impressionar, de assombrar, de chamar a atenção

 
No fundo, é um recurso artificioso com que procura suprir a carência de meios para alcançar por via natural o mesmo efeito. Fosse o propenso bom observador, comprovaria quão rapidamente aumenta o número dos que fogem dele, e se dedicaria a fazer algo mais efetivo em proveito de si mesmo.
 
Quando o exagero deixa de manifestar-se como simples propensão, para estabelecer-se como hábito, a pessoa fala, move-se e atua sob o predomínio da ficção, devendo sofrer continuamente as consequências de viver fora da realidade.
 
Quem sofre desta propensão experimenta invariavelmente o desejo de ser acreditado e, quando o consegue, sente-se invadido  pela  emoção  torpe e  vulgar  de um triunfo fútil. 
 
Quão oposto é esse estado de ânimo daquele que se desfruta após a eliminação paulatina desta tendência, enquanto se ativam internamente as possibilidades de ser, fazer e possuir, sem que o engano se oponha a isso.

 


 

Texto extraído do livro Deficiências e Propensões do Ser Humano, pág. 182
Cadastra-se Projeto Cultural