artigos


Aproveite para tomar contato com os artigos de Carlos Bernardo González Pecotche, criador da Logosofia.

Os demais artigos foram extraídos de trabalhos realizados por logósofos, com resultados alcançados na prática dos conhecimentos oferecidos por essa ciência.

Os artigos poderão ser reproduzidos livremente desde que sejam mencionados o nome da Fundação Logosófica, o site www.logosofia.org.br e o nome de seus autores.

A Logosofia abre novos horizontes para a vida

 11 de agosto: Dia Internacional da Logosofia

 
A Logosofia oferece novos e valiosos elementos de primordial importância para o desenvolvimento das faculdades da inteligência e propõe uma das concepções máximas do pensamento, sobre a qual haverá de forjar-se a individualidade do futuro. Apresenta, como fórmula ideal para responder às exigências dos problemas futuros, o princípio de reforma individual sobre a base de uma evolução efetiva do pensamento humano rumo a conceitos mais amplos e fecundos, que orientem o homem, permitindo-lhe uma superação verdadeira em todas as ordens da vida.
                                   
Entendemos que toda obra fecunda que tenda ao bem comum, que propicie a superação moral e o aperfeiçoamento do indivíduo, deve encontrar o auspício de todos os que nasceram em berços honestos e sintam correr, em suas veias, o sangue abnegado dos que em todas as épocas se preocuparam pelo bem-estar e pelo progresso da humanidade.
 
Nossos propósitos concentram, como já manifestamos em conferências públicas e em inumeráveis publicações, os mais elevados fins de cultura e de superação em todas as ordens do esforço humano.
 
Queremos, para as gerações contemporâneas e futuras, um mundo melhor,
 
 baseado em compreensões amplas acerca das altas prerrogativas que se abrem ao porvir dos homens, quando estes procuram merecê-las e torná-las suas, mediante o estudo e o entendimento dos problemas que dizem respeito à inteligência, no harmônico jogo do esforço, da consagração e da consideração geral.
 
Oferecemos, para cumprimento dos deveres que entendemos ineludíveis da consciência, nossos afãs e a produção de nosso espírito, como trabalhadores incansáveis e decididos, para que esta obra, que já se desenvolve em milhares de seres, se difunda e se estenda pelo mundo, levando a palavra de alento, construtiva e fecunda, a fim de comover o coração e a mente de todos e oferecer sua ajuda ali, onde devem ser contempladas as necessidades do futuro, ao se projetarem as novas normas que haverão de imperar no mundo, tal como de uns tempos para cá vem sendo preconizado.
 
E, quando nos é dado ouvir, de uma inumerável quantidade de pessoas, os benefícios obtidos graças à aplicação do ensinamento logosófico, pensamos que não nos equivocamos ao admitir, com tão fundadas razões, que nossa obra haverá de constituir uma das maiores contribuições para o bem da humanidade.

 

Texto extraído da Coletânea da Revista Logosofia, tomo 3, pág. 123-124
Cadastra-se Projeto Cultural