artigos


Aproveite para tomar contato com os artigos de Carlos Bernardo González Pecotche, criador da Logosofia.

Os demais artigos foram extraídos de trabalhos realizados por logósofos, com resultados alcançados na prática dos conhecimentos oferecidos por essa ciência.

Os artigos poderão ser reproduzidos livremente desde que sejam mencionados o nome da Fundação Logosófica, o site www.logosofia.org.br e o nome de seus autores.

A grande prerrogativa humana

Pela primeira vez na história da humanidade, é encarada a realização do processo de evolução consciente, único meio real e seguro de tirar o homem do ostracismo mental e psicológico em que permaneceu até aqui e elevá-lo a níveis de superação extraordinários; a prova disso é que ninguém jamais mencionou tão importante assunto, nem deu notícia de progressos dessa ordem que tivessem sido alcançados. Aceitar-se-á, então, a afirmação de que fora da órbitde nossos conhecimentos não é possível levar a cabo tal realização.

 

Como ponto inicial para a consumação de tão elevado objetivo, a Logosofia ilustra a inteligência acerca da conformação mental-psicológica que habilita o ser humano para satisfazer o objetivo – tantas vezes mencionado e jamais alcançado – de conhecer-se a si mesmo. Precisamente nesse conhecimento se condensa a ciência do aperfeiçoamento, desde o instante em que o homem, enfrentando as partes perfectíveis do ente moral e psicológico que configura seu ser físico e espiritual, dispõe-se a superá-las.

 

O desenvolvimento dessa possibilidade é impulsionado pela força renovadora e construtiva do método logosófico, no cumprimento das altas realizações conscientes que o magno processo de evolução exige.

 

O processo de evolução consciente transforma a vida

e a enriquece progressivamente 

 

A fonte da sabedoria logosófica não está vedada a ninguémmas não se chega a ela senão pelo avanço gradual nesse processo que exige ser cumprido com toda a exatidão e em que o esforço é compensado com o eflúvio das grandes verdades que chegam até o homem na proporção de seus merecimentos.

 

O fato, registrado pela história do mundo, de aparecerem grandes espíritos – não precisamente escalando as elevadas regiões, mas delas descendo para ajudar o avanço da humanidade – não prova uma exceção à regra. Basta-nos saber que o mecanismo mental-psicológico do homem, perfeito em sua concepção original, mas travado pela ignorância do respectivo dono acerca de tão admirável sistema, pode ser restituído à normalidade de seu funcionamento e alcançar essas prerrogativas, o que se revela na dimensão das concepções da inteligência, na força incontível da palavra, na vastidão da sabedoria, no exemplo da própria vida.

Extraído do livro Logosofia Ciência e Método, pág. 33
Cadastra-se Projeto Cultural